CRAS

O CRAS é o principal equipamento de desenvolvimento dos serviços socioassistenciais da Proteção Social Básica. Constitui espaço de concretização dos direitos socioassistenciais nos territórios, materializando a política de assistência social. É o local que possibilita, em geral, o primeiro acesso das famílias aos direitos socioassistenciais e à proteção social. Estrutura-se, assim, como porta de entrada dos usuários da política de assistência social para a rede de Proteção Básica e referência para encaminhamentos à Proteção Especial.

Desempenha papel central no território onde se localiza ao constituir a principal estrutura física local, cujo espaço físico deve ser compatível com o trabalho social com famílias que vivem no seu território de abrangência e conta com uma equipe profissional de referência.

O CRAS presta serviços continuados de Proteção Social Básica de Assistência Social para famílias, seus membros e indivíduos em situação de vulnerabilidade social, por meio do PAIF tais como: acolhimento, acompanhamento em serviços socioeducativos e de convivência ou por ações socioassistenciais, encaminhamentos para a rede de proteção social existente no lugar onde vivem e para os demais serviços das outras políticas sociais, orientação e apoio na garantia dos seus direitos de cidadania e de convivência familiar e comunitária; A existência do CRAS está estritamente vinculada ao funcionamento do Programa de Atenção Integral à Família – PAIF, ou seja, à implementação do PAIF, co-financiado ou não pelo Governo Federal, que constitui condição essencial e indispensável para o funcionamento do CRAS.

Reconhece-se, portanto, ser atribuição exclusiva do poder público, o trabalho social com famílias, sendo esta a identidade que deve ser expressa no espaço físico do CRAS.

No CRAS, portanto, deve ser necessariamente ofertado o PAIF, podendo ser ofertados outros serviços, programas, benefícios e projetos conforme disponibilidade de espaço físico e de profissionais qualificados para implementá-los, e desde que não prejudiquem a execução do PAIF e nem ocupem os espaços a ele destinados. Os demais serviços sócio-educativos, ações complementares e projetos de proteção básica desenvolvidos no território de abrangência do CRAS devem ser a ele referenciados.

COORDENADOR CRAS ENDEREÇO FONE CRAS
01 Josy Oliveira ALFREDO NASCIMENTO Rua 08 nº 13 3646-4857
02 Silvia Matos CIDADE NOVA Rua C, Q/67, nº 48, Conj.Fcª Mendes 3636-3849
03 Rosicléia Sini TERRA NOVA Av. Itapemirim,nº 230 3641-2612
04 Rosângela Bezerra MUTIRÃO Rua. 04, Qd/05, nº 85 3214-6081
05 Ana Cristina Souza NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO Rua.Águas Marinhas ,nº.142  3631-7245
06 Leila Garcia CACHOEIRINHA Av.Carvalho Leal,s/nº 3631-8607
07 Nina Cláudia Nascimento BETÂNIA Rua.São Lázaro nº.26 3237-7678/3215-9001
08 Wilma Raposo CRESPO Rua.Magalhães Barata,  Bc. Olaria s/nº 3214-3307
09 Fabiana Martins COMPENSA I Rua da indústria nº 20 3671-4767
10 Jane de Souza Felix COMPENSA II Rua da Prosperidade s/nº 3673-5053/3225-2688
11 Andrea Andrade Braga GLÓRIA RuaSão Bento, s/nº. 3625-8620 / 3625-6033
12 Diane Leite dos Santos ALVORADA I Rua Professor Abílio Alencar, s/n. 3238-9505
13 Camila Carla Martins ALVORADA III Rua 13, s/nº. 33239-2003
14 Mirian de Jesus Solano REDENÇÃO Rua Olinda com Bagé, s/nº. 3654-7775
15 Ingridi  Mikaely Oliveira UNIÃO Rua Barreirinha, nº18. 3634-5078
16 Socorro Belém JORGE TEIXEIRA Rua01 s/nº, próx. a Av.Itaúba 3638-6057
17 Zilmara Batista de Araújo SÃO JOSÉ III Rua 04, s/nº. 3639-7996
18 Elvira Viana SÃO JOSÉ IV Rua Marginal, s/nº. 3648-4903