22/03/11 | 11:00
CRAS da Redenção tem curso de alfabetização de adultos e idosos

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh),em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) iniciou, na segunda-feira, 14, o Programa Municipal de Escolarização de Adultos e Idosos (Promeapi), no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)do bairro da Redenção, Zona Centro-Oeste. A primeira turma tem 29 alunas com idade de 35 até 60 anos, informou o secretário da Semasdh ,destacando as ações para levar o programa para outras unidades dos CRAS e Casas do Cidadão mantidas pela Prefeitura de Manaus.

As aulas estão acontecendo no período da tarde, das 13h às 17h e, segundo o Secretario, vão durar o ano inteiro. A Semed fornece materiais permanentes e didáticos para professor e alunos e cabe à Semasdh a oferta e manutenção do espaço físico. O Secretario lembrou a necessidade de se realizar esse trabalho com a clientela que participa dos CRAS e Casas do Cidadão, porque muitas mulheres, por um ou outro motivo, deixaram de estudar ou querem melhorar seu nível de escolarização, o que vai contribuir com a melhoria da qualidade de vida. “A Prefeitura pode contribuir na erradicação do analfabetismo dentro do município, por isso não vamos medir esforços para disponibilizar espaços a serem usados para conseguirmos esse objetivo”, explicou.

O que é o Promeapi?

É um Programa desenvolvido pela Gerência de Educação de Jovens e Adultos da Semed, que tem como objetivo proporcionar a adultos e a idosos oportunidades educacionais apropriadas, considerando suas características, condições de vida e trabalho. As turmas funcionam nos espaços cedidos pela instituição que solicita parceria da Semed. O programa atende adultos e idosos não alfabetizados, no 1º segmento (Ensino Fundamental I). A duração do curso é de três anos, com aulas de segunda a sexta-feira, sendo quatro horas de aula por dia para quem estuda no período diurno e três horas para quem estuda no período noturno.